quarta-feira, outubro 20, 2010

2012 - O fim?



"QUANDO O SEGUNDO SOL CHEGAR PARA REALINHAR A ÓRBITA DOS PLANETAS"

Encontrei um texto muito interessante.
Claro que ele faz parte de um contexto maior.

Retirei um trecho que gostei muito.

Segue:
--------------------------------------------------------------------------------------------
(...) Tudo no Universo se movimenta constantemente, nada está parado, nada está estagnado.
Vocês são almas que optaram em fazer uma experiência na matéria e ao longo desta experiência, seguiram por caminhos que os fizeram sentir-se sós, isolados, desconectados da Fonte.
Esqueceram-se de quem realmente são. Esqueceram-se que estamos unidos e suas consciências tornaram-se tão fragmentadas que acabaram por sentirem-se isolados do Universo. E vocês realmente se isolaram (...)

(...) Mas e os desastres e as catástrofes que todos estão profetizando?
Lembre-se sempre de que o futuro só depende de nós. Se autorizarmos e aceitarmos uma condição de destruição, então ela se apresentará; se
tivermos medo, então o medo e as forças de Poseidon se manifestarão. Se
tiver a convicção de que o pior acontecerá, então se prepare para o pior.
Essa é a premissa básica da Criação, você cria sua própria realidade e
todos nós juntos criamos nossas próprias realidades. Algumas coisas podem estar predeterminadas, mas não significa que devem acontecer; o destino é só um caminho, não uma certeza. (...)

Então, o que devo fazer?
Apenas não tenha medo, não dê espaço para o medo adentrar em sua
vida, a mensagem principal é não aceitá-lo como condição. Sobreponha-se
ao medo e neutralize-o com o amor. Comece mudando a si mesmo e,
consequentemente, mudará o mundo ao seu redor.
Esqueça-se da violência e ela não mais fará parte do seu dia-a-dia;
esqueça-se da falta de dinheiro e ele jamais faltará; esqueça-se da falta de
oportunidades e atraia a prosperidade; esqueça-se das pessoas que lhe fazem mal e elas desaparecerão de sua vida; esqueça-se da desesperança,
pois ela não existe; esqueça-se das informações negativas que entram sua casa pelos meios de comunicação. Por que autorizar que as catástrofes
e as tragédias entrem na sua própria casa? Isso cria uma egrégora de
negatividade destrutiva dentro do seu próprio lar. Para quê? Por que se
alimentar disso? Perceba que isso não lhe acrescenta nada, somente fortalece mais a negatividade em sua vida. O mal só traz o mal. Apenas neutra-
lize essa ideia; nesses momentos, desligue a televisão e nada disso mais
fará parte de sua vida. Opte por ler um bom livro, praticar alguma atividade
física, ouvir uma boa música ou simplesmente mude de canal; qualquer
coisa positiva, por menor que seja, certamente é melhor do que uma negativa. Não precisa se omitir dos acontecimentos, você continuará sabendo
que tudo isso existe e acontece, apenas não fará mais parte disso. Enfim,
esqueça-se do mal e passe a se alimentar do bem. O bem constrói, o mal
destrói, essa é a grande Lei da Terra. Então, em qual Terra deseja estar?
Opte pelo amor, sempre, esse é caminho e não existe outro. Esqueça de tudo o que lhe faz mal, elimine qualquer sequela de medo, de violência, do próprio mal que exista dentro de você; inunde sua vida com palavras
positivas e deixe-as se manifestar, inunde-se de prosperidade, harmonia,
paz, confiança, alegria, solidariedade, compaixão, agradecimento, gratidão,
aceitação, melhoria, riqueza, saúde física, saúde mental, lucidez, certeza,
convicção, oportunidades, perfeição, beleza, entusiasmo, motivação, disposição, satisfação, prazer, crescimento, conhecimento, força, vontade, perseverança, coragem, sabedoria e amor.
Esse será seu escudo protetor.Você se tornará assim um(a) emissor(a)
vibracional de positividade, emanando cada dia mais brilho e proteção à
grande aura da consciência maior que é o corpo da Terra.
Sinta-se em paz. Seja você mesmo(a). Encontre-se e encontrará os
tesouros do Universo. Os mais valiosos estão dentro de você. Você é um
ser criador. É justamente isso que está fazendo nesse exato momento. Criando a sua própria realidade a cada instante por meio de seus pensamentos,
desejos e lembranças, passando a criar e modificar sua própria vida e de
todas as pessoas que o cercam.
Estar consciente desse poder de criação é uma virtude inigualável
que o(a) colocará em posição de soberania plena e de conforto em um novo
processo para sua vida, a mais eficiente forma de atração de novas possibilidades e oportunidades. Crescer é tornar-se consciente de quem real-
mente você é e o que realmente quer.
Crescimento interior não significa ir cada vez mais alto, significa estar
cada vez mais perto.
Se assim fizer, nunca mais se sentirá um(a) refém da sua própria
condição. Trará à tona o poder indiscutível do livre-arbítrio que lhe foi
dado de presente quando nasceu e, ainda mais, poderá usufruir após esta
leitura um dos sentimentos mais nobres e sublimes já experimentados: a
liberdade da consciência.

(...) A sabedoria é, sem dúvida, o mais antigo e eficiente poder de libertação que temos; porém, em algum momento na história, nos esquecemos ou
nos fizeram esquecer. Verá que, além do livre-arbítrio e poder de escolha,
temos de aprimorar o nosso poder libertário. O poder da liberdade jamais
conseguiremos comprar, trocar, barganhar ou negociar, só poderemos conquistá-lo pela busca e pela vontade interior de crescer e aprender.

(Trecho retirado do livro:2012- A Era de Ouro - Olhos Eternos da Editora Madras.

6 comentários:

Lanny Literatus disse...

Oi Lara.
Esses tempos passei aqui em seu blog e comecei a baixar a série Bad Girls, só que o link está desativado. Poderia nos disponibilizar novamente os links dos seus arquivos?
Me responda no e-mail: elayne.literatus@hotmail.com
Ficarei agradecida,
Obrigada.

Analuka disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Analuka disse...

Caríssima, muito interessante o excerto que postaste aqui, sobre a importância de cultivar emoções e pensamentos benignos e amorosos, pacíficos e luminosos, dentro e ao redor de nós!...

Fico contente em saber que estás refletindo por este prisma, já que, como o texto diz, muito do que somos e acontece no mundo, decorre do que "criamos" com nossos pensares e sentires, com nossos afetos e ações...

Se mais e mais seres procurassem exercitar deste modo seu livre-arbítrio, e usar suas vidas, seu tempo e potenciais em prol do Amor, do bem, da poesia, da luz, certamente o planeta seria um lugar mais harmonioso e alegre!

As palavras que soltamos são como sementes, que poderão encontrar diversos tipos de solo... mas, sem dúvida, algumas cairão em terra fértil e corações menos endurecidos, levando talvez a iniciativa, uma porção de calor e coragem, para que cada dia seja um recomeço, nesta jornada de aprendizado onde nada é mais ou tão importante quanto o AMOR.

Beijos no coração complexo-colorido-criativo-amoroso!!!

Analuka disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Analuka disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Analuka disse...

"-...E que a única herança que levamos desta matéria/dimensão é " NADA MAIS, ALÉM DO SENTIR. NADA ALÉM DO AMOR"... (LARA LUNNA, In "Renascer da Aurora").